quinta-feira, 23 de agosto de 2007

Santiago


Santiago escreveu 30 mil páginas, como um copista crítico, que xingava ou idolatrava personagens da história universal. Santiago vestia fraque para tocar Beethoven, quando todos dormiam. Santiago tocava castanholas. Santiago adorava Giotto. Santiago fazia arranjos florais como ninguém. Santiago rezava em latin. Santiago tinha uma memória que o surpreendia. Santiago era mordomo da família Moreira Salles. Santiago é o novo documentário de João Moreira Salles.

2 comentários:

Carolz. disse...

Apenas completando, "que xingava ou idolatrava personagens da nobreza da história universal".

Bjs

Gê Cesar de Paula disse...

Ótimo complemento, Carol.
Obrigado.